Alinhamento das rodas: entenda o que é e qual a importância

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_1 span,#wpdevar_comment_1 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    Sumário

    Powered by Rock Convert

    0Seu carro dá aquela “puxadinha” para os lados na estrada ou durante uma frenagem? Pois é, ele pode estar precisando de uma manutenção muito importante: o alinhamento das rodas.

    Neste post explicamos o porquê de ele ser tão importante. Acompanhe!

    Por que o alinhamento das rodas é tão importante?

    Primeiramente, o alinhamento garante que seu carro siga a trajetória comandada pela direção. Isso significa que um carro bem alinhado terá sempre boa estabilidade e aderência no asfalto, mesmo em situações de emergência como frenagens bruscas e mudanças repentinas de direção.

    Assim, é preciso ficar atento aos sinais que o carro dá para saber quando um alinhamento das rodas é necessário:

    • carro com dificuldade de manter a trajetória (o famoso “puxar para os lados”);
    • desgaste irregular dos pneus;
    • após impactos muito fortes como os buracos;
    • sempre que houver a substituição de algum componente da suspensão e dos pneus.

    Se seu carro tiver passado por isso ou apresentar algum comportamento estranho, vale a pena checar na oficina. Além de garantir sua segurança, você ainda economiza dinheiro evitando o desgaste irregular dos pneus e, até mesmo, economizando combustível.

    Camber e Caster fazem parte do alinhamento?

    Sim, essas duas variáveis devem ser reguladas em todo alinhamento. Muita gente ainda acaba fazendo confusão com os termos, especialmente por conta das diferenças entre alinhamento e balanceamento. Mas vamos explicar melhor!

    Camber

    O camber nada mais é que o ângulo de inclinação vertical da roda do veículo. Cada fabricante determina o ângulo correto do caster para cada veículo, o que nem sempre quer dizer que a roda tenha que estar “reta”. Nesse caso, existem duas regulagens:

    • negativa: quando as rodas parecem estar para dentro do carro;
    • positiva: quando as rodas parecem estar para fora.

    Caster

    Já o caster é o ângulo de avanço das rodas e pode ser melhor percebido por quem é leigo no assunto. Ao olhar pela frente do carro, é possível ver que as rodas estão “abertas” ou “fechadas” e não necessariamente retas. Aqui também existem duas regulagens:

    • convergente: quando as rodas estão “fechadas”;
    • divergente: quando as rodas estão “abertas”.

    Claro que você não precisa saber como fazer isso e tampouco tentar improvisar em casa. Porém, é sempre bom conhecer os procedimentos que estão sendo realizados em seu veículo. Numa oficina de confiança, você sempre será informado e, caso precise perguntar, agora você já sabe o que são esses ajustes.

    Devo fazer o alinhamento das rodas mesmo sem sinal de problemas?

    Depende. Mesmo que o veículo não apresente nenhum dos sinais que mostramos acima, pode ser que exista um problema de alinhamento — o mais sutil deles é aquele barulho leve de pneu cantando em qualquer curva, mesmo em baixa velocidade.

    Por isso, vale a pena seguir a recomendação da maioria dos fabricantes e mandar alinhar seu carro a cada 10 000 km rodados.

    Quanto tempo leva?

    Além de todos os benefícios que o alinhamento traz ao seu veículo, o tempo que essa manutenção leva para ser realizada não chega a nem uma hora. Portanto, não existe desculpa para não mandar alinhar o carro.

    Gostou de entender como funciona o alinhamento das rodas e o motivo para ser tão importante fazê-lo? Então siga-nos no Facebook e fique por dentro de muito mais dicas para você e para seu carro!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    O que achou do artigo? Deixe um Comentário

    Seu email não será divulgado.
    São campos obrigatórios *