Aumente a durabilidade do seu pneu: Mantenha o alinhamento e o balanceamento em dia

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_1 span,#wpdevar_comment_1 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    Sumário

    Powered by Rock Convert

    A manutenção preventiva de um carro é o principal exercício dos motoristas comprometidos e conscientes. Seja para mantê-lo sempre com bons preços, seja para evitar gastos desnecessários, o devido cuidado contribui ainda para a segurança de todas as pessoas que são transportadas na condução do automóvel.

    Entre tantos equipamentos, peças e detalhes, muita gente tem dúvidas sobre como fazer pneus durarem mais. Afinal, entre todos os itens de um veículo, possivelmente, esse é o que necessita de grandes investimentos quando chega o momento de realizar a troca.

    E você, quer priorizar a economia em seu dia a dia? Então venha com a gente e conheça seis dicas para prolongar a vida útil dos seus pneus.

    Mantenha o alinhamento e o balanceamento em dia

    Como os pneus sofrem atrito direto com o chão, quando o carro está desalinhado ou desbalanceado, certamente haverá um desgaste mais evidente em determinados lados da roda.

    Ao realizar essa manutenção preventiva, que não demanda altos custos, você manterá a estabilidade do seu veículo, fator que ainda contribui para a economia do combustível, sem falar no prolongamento do período de utilização dos pneus.

    Afinal, no momento em que um motorista não atenta a esse ponto, formam-se escamas ou desgastes prematuros nos pretinhos. Portanto, a dica é realizar o alinhamento e o balanceamento a cada 10 mil km rodados ou quando você passar em um buraco ou sofrer uma colisão.

    Além disso, haverá mais conforto na condução do carro, sem trepidações ou instabilidades que possam comprometer a sua segurança e a da sua família.

    Respeite os limites de carga

    Você sabe quanto peso os seus pneus comportam? A informação consta na lateral deles e é importantíssima para manter em dia a banda de rodagem.

    Quanto mais você se comprometer com esse aspecto, menores serão os desgastes, tendo em vista que os pneus acabam sofrendo danos na estrutura quando têm que suportar um peso maior do que o recomendado pela fabricante.

    Afinal, a estrutura do pneu, ao contrário do que muita gente pensa, é complexa e formada por nylon, aço, poliéster e borracha, ou seja, ele pode estourar quando um desses pontos sofrer com o excesso de peso.

    Faça rodízio dos pneus

    Trata-se de uma estratégia que contribui para adiar a compra de novos pneus. Você pode alterná-los, colocando os dianteiros na traseira e vice-versa.

    Com isso, o pneu da frente, que geralmente desgasta mais rápido por conta da tração, acabará sendo substituído por outro com menores influências do uso continuado.

    No entanto, vale a pena sempre observar como estão os seus pneus, pois caso estejam muito carecas, o rodízío pode ser um tiro no pé por conta da insegurança.

    Calibre corretamente

    O manual do condutor será o norte para você sempre calibrar corretamente os pneus do seu carro. Veja quantas libras são necessárias em seu veículo e mantenha o hábito de sempre deixá-los no patamar correto.

    Além de contribuir para a sua segurança, a medida é um ponto que está nitidamente ligado a uma sobrevida maior dos pneus.

    Isso porque rodar com três libras abaixo do índice especificado pelo fabricante influencia em até 10% na vida útil dos pretinhos, ou seja, nada melhor do que sempre pedir ao frentista que calibre quando você for abastecer.

    Fora o desgaste, quem não calibra constantemente acaba tendo que pagar mais para encher o tanque, tendo em vista que a ausência da pressão correta influencia em um maior gasto de combustível.

    Evite trafegar em locais impróprios

    Quem tem carro sempre quer aproveitar os momentos de lazer com a namorada, a família ou os amigos. No entanto, é preciso evitar determinados tipos de terrenos que possam comprometer a vida útil dos pneus.

    Estradas de terra, por exemplo, podem ser uma grande vilã para desgastar os pretinhos e as rodas. Afinal, uma pedra pontiaguda no caminho chega a rasgar um pneu, sem falar nas interferências quando você passa em um buraco.

    Existem ainda os desníveis, galhos, pregos, enfim; conheça antes o local por onde você passará para evitar dores de cabeça e, consequentemente, gastos extras. Afinal, fazer pneus durarem mais é um exercício constante que exige disciplina, planejamento e direção defensiva.

    Inclusive, os motoristas conscientes são os que mais conseguem prolongar a vida útil não só dos pneus, mas também do carro. Isso porque eles antecipam prováveis situações de risco e ainda tomam os devidos cuidados na condução do veículo.

    Entre os fatores protetivos, podemos citar a correta manobragem quando você tiver que estacionar na rua, o tráfego em vias seguras e todas as ações preventivas descritas acima.

    Obedeça os limites de velocidade

    Quem gosta de velocidade frequentemente tem que colocar os pés no freio quando uma situação inesperada acontece.

    Ou seja, ao derrapar, os pneus sofrem um desgaste considerável, diminuindo a sua vida útil.

    Por isso, respeitar os limites de velocidade, seja nas vias públicas, seja nas estradas, é um requisito primordial para quem quer fazer pneus durarem mais.

    Além da economia financeira, a adoção de boas práticas na condução do veículo faz com que a segurança ande ao seu lado. Portanto, nada melhor do que sempre manter a paciência no trânsito para preservar não só a vida, como todos os itens do seu possante.

    Entenda como fazer pneus durarem mais

    Seguindo as nossas seis dicas, certamente você observará uma vida útil bem maior nos quatro pneus do seu carro.

    Outra dica importante é sempre realizar manutenções ou trocas em locais de confiança, que têm credibilidade no mercado, evitando a utilização de pneus que possam trazer riscos à sua segurança.

    Fique sempre atento em relação às condições da carcaça dos seus pneus, do nylon e da borracha como um todo.

    Converse com profissionais da área e siga as orientações sobre a correta manutenção dos pneus, evitando soluções alternativas que possam comprometer ainda mais a vida útil dos pretinhos.

    Assim, você poderá sempre rodar com segurança e ciente de que a economia está sendo priorizada em sua vida de motorista cidadão e consciente das boas práticas.

    Gostou do nosso post sobre como fazer pneus durarem mais? Como a informação é uma aliada no processo preventivo, que tal ler agora o artigo sobre a real vida útil dos pneus? Explore nossos conteúdos!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    O que achou do artigo? Deixe um Comentário

    Seu email não será divulgado.
    São campos obrigatórios *