Atenção motorista: saiba quais são as atitudes no trânsito que podem gerar multa

    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_1 span,#wpdevar_comment_1 iframe{width:100% !important;}

    Compartilhe

    Sumário

    Nada mais desagradável do que chegar em casa e ver uma notificação de multa de trânsito, não é mesmo?

    Muitas vezes temos algumas atitudes ao dirigir que geram multa sem que saibamos o motivo, e esse será o tema de hoje. Confira nosso texto e descubra algumas atitudes que devemos evitar — a todo custo — na hora de dirigir, além de qual o valor das multas.

    Atitudes que podem gerar multa de trânsito

    Fumar ao volante – Infração média

    Muitas pessoas têm esse péssimo hábito: dirigir e fumar ao mesmo tempo. Além de deixar o carro com cheiro de cigarro e dificultar a revenda, fumar ao volante ainda é uma infração de trânsito! Para evitar a multa, você pode deixar para fumar após sair do veículo, por exemplo.

    Dirigir muito devagar – Infração média

    Assim como dirigir em alta velocidade, dirigir muito devagar também é uma infração. Segundo o artigo 219 do Código de Trânsito Brasileiro, dirigir na metade da velocidade da via é uma infração média, ou seja, em uma estrada de 80km/h não se pode andar a menos de 40 quilômetros por hora.

    Andar com os pneus carecas – Infração grave

    Os pneus do carro devem estar sempre em dia! Andar com os pneus carecas, ou seja, abaixo do TWI (Tread Wear Indicator), pode gerar uma multa grave. Já abordamos o assunto em nosso blog, então aproveite para saber mais a respeito.

    Atirar objetos pela janela – Infração média

    Jogar lixo no chão não é uma atitude correta, mas fazer isso no trânsito torna o problema ainda mais sério. O condutor que atirar algum objeto do carro estará cometendo uma infração. Para evitar, deixe sempre um lixinho dentro do carro, e o esvazie assim que chegar em casa.

    Usar o ponto morto em descidas – Infração média

    Além de perigoso, usar o ponto morto na descida — prática popularmente conhecida como banguela — também é uma infração. Esse hábito pode superaquecer os freios do carro, além de gastar mais combustível. Portanto, desça serras sempre com o carro engrenado.

    Andar em estradas com o farol apagado – Infração média

    Muito polêmica, a lei do farol baixo está em vigor. Qualquer motorista, mesmo durante o dia, deve sempre andar com o farol baixo ligado nas rodovias. Essa lei é especialmente complicada, pois muitas rodovias estão dentro de áreas urbanas, e são conhecidas como avenidas pelos moradores da cidade. Na dúvida, ligue o farol!

    Estacionar longe da guia – Infração leve

    Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, estacionar entre 50 centímetros e 1 metro da guia é uma infração leve. Para se precaver, abaixe sempre o espelho retrovisor ao fazer baliza, dessa forma você vê a distância entre o carro e a guia.

    Buzinar por muito tempo – Infração leve

    Para quem tem o costume de buzinar muito, cuidado! Buzinar de forma prolongada pode gerar multa. Além disso, buzinar entre 22h e 6h também é uma infração leve.

    Valor das multas de trânsito

    Multas de trânsito são divididas em 4 categorias: leve, média, grave e gravíssima. Seus valores foram atualizados pela última vez em novembro de 2016. Confira quanto custa cada infração!

    • Infração gravíssima: R$ 293,47 (7 pontos na carteira).
    • Infração grave: R$ 195,23 (5 pontos na carteira).
    • Infração média: R$ 130,16 (4 pontos na carteira).
    • Infração leve: R$ 88,38 (3 pontos na carteira).

    Além dessas multas, algumas infrações mais sérias — como dirigir alcoolizado — podem ter um multiplicador de 3, 5 ou 10 vezes sob o valor da multa gravíssima, alcançando até R$ 2.934,70.

    Gostou do texto? Aprendeu como evitar cada multa de trânsito? Aproveite para compartilhar com seus amigos nas redes sociais e deixar todos por dentro do assunto!

    Facebook - Comentários

    Compartilhe

    O que achou do artigo? Deixe um Comentário

    Seu email não será divulgado.
    São campos obrigatórios *