Entenda a importância da gestão de pneus para uma frota de caminhões

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_1 span,#wpdevar_comment_1 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    Sumário

    Powered by Rock Convert

    Depois dos combustíveis e das manutenções rotineiras, os gastos com pneus lideram os custos de uma transportadora que conta com uma frota de caminhões, carros ou motos.

    Com um mercado altamente competitivo e concorrentes sempre de olho nos clientes, quem se descuida com o planejamento do negócio pode sofrer sérios prejuízos no futuro.

    Pensando em auxiliá-lo em uma inteligente gestão de pneus, elaboramos este post com os principais pontos que não podem ser deixados de lado em seu negócio. Confira!

    Conheça a importância da gestão de pneus

    Assim como a manutenção do motor evita um gasto inesperado, quem prioriza os cuidados com os pneus consegue rodar por mais quilômetros.

    Isso porque a aplicação de medidas preventivas contribui com o aumento da vida útil dos pneus. Afinal, sendo um produto com alto custo, nada melhor que conservá-los de uma maneira inteligente — e com resultados comprovados —, diminuindo a necessidade de novas compras e ainda evitando acidentes nas estradas.

    Mas, quais são as atitudes que contribuem com a conservação? É o que mostraremos a partir de agora. Portanto, não pare de ler!

    Faça um controle da frota

    Gestores competentes fazem estudos rotineiros sobre o estado de todos os caminhões e dos veículos que compõem a frota da empresa, inclusive com softwares específicos.

    Dessa maneira, eles conhecem todas as informações referentes às peças, à quilometragem, às condições das estradas onde passaram ou percorrerão. O controle contribui com a devida conservação dos pneus, além de estabelecer os custos mensais que a empresa deve disponibilizar nessa área.

    Assim, as tomadas de decisão serão mais assertivas, sempre focadas no planejamento estabelecido por meio dos dados apresentados, como controle de marca, tipo de pneus, período de durabilidade, custos das compras e gastos gerados a partir da forma de dirigir de cada motorista.

    Capacite a sua equipe

    Os treinamentos dos motoristas e auxiliares melhoram, consideravelmente, a gestão de pneus, já que dessa forma haverá mais conscientização para evitar os principais riscos no dia a dia.

    Entre eles, podemos citar a falta de calibragem adequada, o vencimento do prazo de validade, o deslocamento em estradas mal conservadas e freadas bruscas. As capacitações fazem com que os motoristas pratiquem a direção defensiva.

    Com isso, haverá mais conservação não só dos pneus, como de vários itens dos veículos, sem falar que os colaboradores ficarão informados sobre a maneira correta de realizar o rodízio dos pretinhos, mudando a posição para ganhar mais sobrevida.

    Descubra as desvantagens de não fazer a gestão de pneus

    Caso você não se atente a seguir as orientações referentes a uma boa gestão de pneus, inevitavelmente a sua empresa terá mais gastos e ainda enfrentará diversos problemas.

    Entre eles, destaca-se a redução na segurança no transporte de pessoas e cargas, ponto que pode influenciar na causa de acidentes. Além dos gastos com o conserto dos veículos, existe ainda o risco de afastamentos ou até mesmo de processos trabalhistas.

    Portanto, para o seu negócio expandir, nada melhor que sempre prezar pela qualidade dos pneus, além de conservá-los com inteligência e praticidade.

    E aí, gostou do nosso post sobre gestão de pneus? Quer receber as nossas novidades?  Então, assine agora mesmo a nossa newsletter!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    O que achou do artigo? Deixe um Comentário

    Seu email não será divulgado.
    São campos obrigatórios *