Qual a diferença entre pneu simétrico, assimétrico e direcional?

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_2 span,#wpdevar_comment_2 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe
    Powered by Rock Convert

    O pneu é uma das peças mais importantes de um automóvel, mas será que você o conhece bem? Essa não é a realidade para muitos motoristas, já que vários condutores só sabem diferenciar o tamanho do aro. No entanto, existem três tipos de pneus: simétrico, assimétrico e pneu direcional. Cada um conta com características distintas.

    Talvez você fique surpreso com a informação acima, mas se esse for o seu caso, não se preocupe. Como se trata de uma informação essencial para o bom funcionamento do seu veículo, criamos este artigo para ajudá-lo a entender cada tipo de pneu e as vantagens de cada um deles, facilitando a sua vida na hora da troca.

    Está curioso para obter as informações? Acompanhe a leitura e confira.

    O que é pneu simétrico?

    É o pneu mais popular no mercado e era a única opção até pouco tempo. Para identificá-lo, é só observar se na lateral do pneu existe alguma informação indicando o lado correto da rotação. Outra forma de verificação é conferir se os desenhos dos dois lados do pneu (considerando uma linha imaginária no meio) são iguais.

    Os pneus simétricos são recomendados para motoristas que trafegam em estradas e rodovias, em que a pista é seca e com temperaturas elevadas do asfalto.

    Além disso, esse tipo de pneu não tem sentido de montagem e só está disponível em pequenas dimensões, ou seja, são feitos para carros menores.

    Quais as principais vantagens do pneu simétrico?

    • baixo custo: por serem mais populares e mais fáceis de encontrar, os pneus simétricos geralmente são mais baratos;
    • baixo ruído: os pneus simétricos produzem menos ruídos quando estão em rotação;
    • maior durabilidade: como podem ser usados em qualquer direção, os pneus simétricos se desgastam mais devagar que os direcionais, por exemplo.

    Entretanto, é preciso tomar cuidado ao utilizar esse pneu em pistas nos dias de chuva ou quando a via está molhada, pois ele apresenta baixo desempenho nesse tipo de estrada.

    O que é pneu assimétrico?

    Trata-se do modelo mais recente entre os três e o que usa a tecnologia mais avançada. Foi criado para suprir as necessidades dos motoristas que trafegam tanto em piso molhado quanto no seco. Uma das principais características é a sua largura mais acentuada, proporcionando maior segurança e sendo ideal para pegar mais peso.

    Para identificar um pneu assimétrico, é só observar se na lateral existem algumas palavras, como: “outside/inside, exterior/interior ou extérieur/intérieur”. Os atuais carros esportivos já vêm equipados com ele. Infelizmente, esse tipo de pneu tem apenas uma opção de rodízio, além do seu preço ser mais caro do que os demais modelos.

    Os pneus assimétricos têm uma seta indicando o lado correto para o serviço de montagem. Além disso, sua troca precisa ser sempre feita de forma vertical.

    Esse tipo de pneu é facilmente identificado porque ele não tem um lado específico, e sim um desenho irregular em sua banda de rodagem. O motivo é que a borda do seu lado exterior é mais reforçada que o interior, para que assim ele consiga ter um desempenho melhor em curvas, além de dispersar água e calor de maneira mais rápida.

    Quais as principais vantagens do pneu assimétrico?

    • maior proteção: tendo a sua largura ampliada, os pneus assimétricos proporcionam mais controle nas curvas e em pista molhada;
    • suporta mais peso: esse modelo de pneu aguenta mais carga que os demais.
    • baixo ruído: assim como os simétricos, os pneus assimétricos produzem baixos ruídos quando estão em rotação.

    O que é pneu direcional?

    É o modelo mais fácil de ser identificado, é só olhar na lateral do pneu e observar uma seta que aponta a direção correta da rotação. O pneu direcional é bastante indicado para motoristas que trafegam em pistas molhadas e com neve, mas também é eficiente em pistas secas.

    Os pneus direcionais são muito parecidos esteticamente com os simétricos. A sua grande desvantagem é que produzem ruídos maiores em comparação com os outros.

    Assim como o modelo anterior, os pneus direcionais têm uma seta que indica qual o sentido correto de montagem e também precisam ser trocados de forma vertical.

    Quais as principais vantagens do pneu direcional?

    • segurança: proporciona maior proteção em pistas pesadas e com climas diversos, como neve, chuva, etc.;
    • versatilidade: a sua tecnologia permite que seja também eficiente em pistas secas;
    • preço: essa é uma vantagem maior para os donos de carros esportivos. Em comparação com os pneus assimétricos, os direcionais são mais baratos.

    Como escolher o melhor pneu de acordo com as suas necessidades?

    Não existe um modelo de pneu universal que consiga atender a necessidade de todos os tipos de motoristas. Por isso, é muito importante escolher o modelo correto, de acordo com as suas preferências e cotidiano. Confira agora algumas dicas para escolher o melhor pneu para você.

    Preste atenção no clima

    Esse tipo de peça varia conforme o clima e a temperatura padrão do local onde você vive. Em lugares nos quais o tempo muda com bastante frequência, o ideal é que se utilize um jogo de pneus direcionais para evitar derrapamentos na estrada e prevenir acidentes.

    Para lugares em que chove de forma constante, é melhor utilizar pneus assimétricos, que têm maior resistência e evitam que o veículo derrape na estrada, dificultando, assim, acidentes graves.

    Considere o tipo do seu automóvel

    Cada veículo tem um grupo de pneus ideal para o seu tipo, pois um modelo muito maior ou menor do que o indicado fará com que ele não funcione corretamente. Para carros de passeio, é importante verificar se eles têm a inscrição “P”.

    Também existem informações a respeito do local por onde o seu veículo costuma andar: se no lugar a velocidade precisa ser mais baixa, como em cidades, é necessário escolher a categoria “Q”.

    Confira as informações do fabricante

    Ao ler com atenção o manual do automóvel, poderão ser encontradas várias informações relevantes para que ele dure mais e para que o motorista consiga aproveitar toda a capacidade de seu carro. Uma dessas informações é o tipo de pneu que deve ser utilizado.

    Você encontrará as medidas de altura e larguras ideais da peça para o seu veículo e poderá verificar qual a pressão correta na hora da calibragem. Lembre-se de que utilizar um pneu completamente diferente daquele indicado pela montadora poderá causar problemas na suspensão e no sistema de direção do seu carro, o que pode provocar acidentes.

    Verifique a uniformidade do jogo de pneus

    Independentemente do modelo de pneu escolhido, prefira sempre jogos em que todas as peças sejam parecidas entre si. Isso evita que o motorista enfrente problemas na hora do balanceamento dos pneus. Solicite ao atendente peças que sejam do mesmo lote de fabricação, o que minimiza a possibilidade delas serem muito diferentes.

    Essas são as principais diferenças entre pneu direcional, simétrico e assimétrico. Agora, toda vez que você for comprar pneus para o seu carro, saberá exatamente o que mais se alinha ao seu perfil de uso e escolherá aquele que proporciona maior conforto, segurança e baixo custo para você e sua família.

    Encontrou o seu pneu ideal? Então, que tal fazer uma viagem em família ou com amigos para testar a nova peça? Confira nosso e-book: “Pé na estrada: Manual para viagens de carro“.

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe