Veículos leves x veículos pesados: você conhece a diferença?

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_2 span,#wpdevar_comment_2 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe
    Powered by Rock Convert

    Os diversos tipos de serviços realizados no campo pedem diferentes tipos de veículos, que podem ser pesados ou leves. Conhecer as classificações é fundamental na hora de escolher em qual máquina investir. Dessa forma, o manejo de pastagem será realizado com mais segurança e sem prejudicar o solo, provocando a compactação, por exemplo.

    Existem muitos aspectos que devem ser levados em consideração para escolher os veículos. É necessário pensar em quais são as necessidades, em quais regiões o veículo rodará, nos gastos com revisões e com a manutenção, na vida útil e em outros fatores. Tudo isso deve ser definido de acordo com a maneira que você usará o transporte.

    Portanto, descubra as diferenças entre veículos leves e veículos pesados e saiba como encontrar o automóvel ideal para o que você precisa neste artigo. Boa leitura!

    O que a legislação diz sobre as diferenças?

    O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu, na Resolução n° 396, a classificação de automóveis no país. Assim, ficaram definidas as diferenças entre os veículos leves e os veículos pesados, bem como a velocidade permitida para cada um dos tipos em determinadas vias. Caso seja descumprida a norma, há a aplicação de multa. Além disso, as categorias exigem carteiras de habilitação específicas.

    Dessa forma, a circulação e as velocidades permitidas para os tipos de veículos podem ser diferentes, de modo que são indicadas com as placas R-19. Assim, elas mostram a velocidade máxima permitida para veículos leves ou pesados. Se não houver a indicação, a mesma velocidade é válida para todos os automóveis.

    Quais as diferenças entre veículos leves e veículos pesados?

    As principais diferenças estão relacionadas ao porte, já que os veículos leves devem ter peso bruto total de até 3.500 kg. Dessa maneira, entre os automóveis que se encaixam nessa categoria, estão:

    • veículos utilitários;
    • caminhonete e camionetas;
    • motocicletas;
    • triciclos e quadriciclos;
    • ciclomotores.

    Já os veículos que pertencem à categoria dos pesados precisam ultrapassar o limite de 3.500 kg brutos dos transportes leves. Nesse sentido, enquadram-se na categoria de veículos pesados:

    • caminhões;
    • micro-ônibus;
    • ônibus;
    • caminhões-trator;
    • tratores de rodas;
    • tratores mistos;
    • reboques e semirreboques;
    • carretas e outros.

    Como a escolha dos pneus é influenciada por essas diferenças?

    Dependendo do tamanho do veículo e das suas funções, os tipos de pneus precisam ser diferentes e capazes de suportar os serviços para o qual são destinados. Portanto, os pneus usados em um veículo leve têm características distintas dos que são utilizados em veículos pesados, pois eles são essenciais na tração e em outros aspectos.

    Exemplos disso são os pneus de trator. Eles têm carcaças reforçadas e os sulcos garantem mais estabilidade. Os pneus de caminhão também são produzidos para suportar maior peso e até para realizar descolamentos regionais, para trafegar em locais acidentados, com aclives e declives e outras características.

    Portanto, a escolha do veículo deve ser feita considerando as suas necessidades. Veículos pesados são opções para realizar o manejo de pastagem, por exemplo, enquanto os leves podem fazer deslocamentos mais próximos em locais em que o terreno não apresenta grandes dificuldades. Nesse sentido, confira todos os pontos antes de adquirir o transporte de que você precisa.

    Gostou de saber mais sobre as diferenças entre os veículos? Então, siga as nossas redes sociais para acompanhar mais conteúdos como este! Estamos no Facebook e no Instagram!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe