Principais cuidados para ter com o pneu de caminhão!

    Powered by Rock Convert
    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_1 span,#wpdevar_comment_1 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    Sumário

    Powered by Rock Convert

    Mesmo com as constantes melhorias na fabricação, a vida útil de um pneu de caminhão está diretamente associada a uma manutenção cuidadosa. Grande parte dos caminhoneiros esquece que os pneus são importantes para garantir a segurança e o bom desempenho do veículo.

    Pensando nisso, reunimos as orientações recomendadas pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP) para conservar esses componentes tão importantes. Confira!

    Calibrar o pneu de caminhão na pressão certa

    Problema com a calibragem — tanto acima quanto abaixo do indicado — gera vários inconvenientes. A baixa pressão, por exemplo, apresenta vários indícios, como:

    • maior consumo de combustível;
    • aceleração do desgaste geral do pneu;
    • direção pesada;
    • perda da capacidade de manejo e de estabilidade em curvas.

    Já o excesso de pressão provoca:

    • desgaste acentuado no centro de rodagem;
    • diminuição no desempenho de frenagem;
    • danos no sistema de suspensão do veículo;
    • perda de estabilidade em curvas.

    Portanto, antes de colocar determinado tipo de pneu no seu truck, verifique as recomendações de pressão para desfrutar de sua vida útil corretamente.

    Fazer uma revisão mecânica periódica

    Os componentes, como amortecedores e rolamentos, também contribuem para a longevidade dos pneus. Se algumas dessas peças apresentarem problemas, as rodas terão que gerar um impulso maior para rodar.

    alinhamento da direção também deve ser considerado, pois o desvio deixa o caminhão instável e, por consequência, deteriora o pneu.

    Tomar cuidado com o desgaste dos pneus

    Tread Wear Indicator, mais conhecido como TWI, é o termo dado à saliência que mede 1,6 mm encontrada nas ranhuras do pneu de caminhão. Ele representa o limite de segurança, e caso atinja esse indicador ou esteja próximo a ele, é chegada a hora de substituir o pneu.

    Para você ter uma ideia de sua importância, abaixo dessa medida o pneu já é considerado “careca”. O Conselho Nacional de Trânsito 558/80 determina que trafegar com pneus inferiores ao limite recomendado é ilegal. Nesse caso, o motorista pode ser multado e ter o veículo apreendido.

    Colocar o rodízio em prática

    A forma de direção do condutor e a má organização de pesos podem ocasionar o desgaste desigual dos pneus. Uma das maneiras de estender sua vida útil e de tornar o trajeto mais seguro é o rodízio — que nada mais é do que mudá-los de posição para equilibrar o desgaste. Ele deve ser feito considerando o grau de deterioração da banda de rodagem.

    Esse procedimento varia conforme o modelo do caminhão, portanto, verifique as recomendações do manual do proprietário.

    Prestar atenção na pista

    O motorista deve ter muita atenção e cautela por onde está transitando. O importante é sempre ter prudência ao percorrer as vias para desviar de buracos, objetos ou até do acostamento.

    Para você ter uma ideia, dependendo do tamanho do buraco é possível rasgar/furar o pneu e amassar a roda. Quanto ao acostamento, por “esperteza” ou por necessidade, o seu uso é frequente, mas é importante lembrar que toda a sujeira da rodovia fica concentrada nessa área. Se quiser garantir a integridade do seu pneu, não utilize esse espaço.

    Esperamos que as dicas sobre a conservação do pneu de caminhão mencionadas neste artigo possam ajudá-lo da melhor forma possível. Para isso, basta colocá-las em prática — assim você economiza dinheiro e evita dores de cabeça durante as viagens.

    Gostou de saber um pouco mais sobre os cuidados com o pneu de caminhão? Então entre em contato conosco! Certamente temos os pneus ideais para o seu caminhão!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe