Por que o rodízio de pneus de caminhão é tão importante?

    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_2 span,#wpdevar_comment_2 iframe{width:100% !important;}

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe

    Os motoristas de caminhão sabem muito bem que uma parte considerável dos gastos relacionados ao bom funcionamento desse veículo vem da manutenção dos pneus. O nível bem alto de rodagem dos caminhões, somado ao grande volume de cargas transportado e às condições precárias de muitas estradas brasileiras, gera desgastes que são inevitáveis nos pneus, exigindo, assim, atenção redobrada do motorista. Por isso é tão importante fazer o rodízio de pneus de caminhão.

    Trafegar com pneus mal conservados, muito além de uma questão meramente estética, é um risco que afeta a dirigibilidade e a estabilidade do veículo, reduzindo a segurança no volante. Como são bem altos os investimentos para trocas frequentes de pneus, o melhor caminho é fazer o rodízio e prezar pela conservação e pela manutenção.

    Quer saber qual é a importância de fazer o rodízio de pneus e como executá-lo de forma correta? Então, você está no post certo! Continue acompanhando o texto e saiba mais! Boa leitura!

    Como funciona o rodízio de pneus de caminhão?

    Os pneus dos caminhões sofrem mais deformação devido ao peso que transportam, e isso reduz a eficiência e a durabilidade desses veículos. O rodízio de pneus para esse automóvel deve ser feito a cada 10 mil quilômetros. No entanto, é fundamental sempre consultar o manual do caminhão para verificar se existe alguma exceção para esse número. É possível que, em alguns veículos, seja necessário fazer o revezamento com mais ou menos quilômetros de rodagem.

    O rodízio dos pneus desse veículo tem como finalidade proporcionar um desgaste totalmente uniforme dos componentes, evitando, ainda, a deterioração prematura da borracha. Como os caminhões têm pneus internos e externos, o gasto pode ser bastante irregular caso o caminhoneiro não faça nada para evitá-lo.

    Vale lembrar que diversos fatores acabam interferindo na vida útil dos pneus, como tipo de piso, quilometragem rodada, condições meteorológicas, carga suportada, além, é claro, da manutenção preventiva.

    Qual a importância de conhecer as especificações de cada tipo de pneu, a calibragem, a quilometragem rodada e o peso da carga?

    Bom, todos esses pontos são essenciais para avaliar a periodicidade do rodízio, a manutenção e até mesmo a substituição dos pneus dos caminhões.

    Além disso, é importante ter em mente que a configuração, ou seja, o modo correto de fazer o revezamento dos pneus, vai depender exclusivamente de quantos eixos o veículo tem e de quais deles têm tração. Para cada modelo — trucado, toco, bi-truck ou traçado —, há um tipo específico de rodízio que deve ser seguido.

    Para que você saiba qual é o tipo adequado de revezamento para o seu veículo, é preciso consultar o manual do proprietário do modelo, ou, então, procurar uma empresa especializada que tenha profissionais aptos a fazer o processo.

    Vale lembrar, no entanto, que todos os pneus do caminhão devem ser do mesmo modelo para fazer o rodízio e proporcionar a segurança do condutor. Não se esqueça também de que os pneus do eixo dianteiro não podem ser recauchutados.

    Depois de o rodízio ser feito, é preciso também fazer o alinhamento e o balanceamento a fim de evitar trepidações e instabilidade ao dirigir o caminhão. É um pouco complicado dizer exatamente quando é o momento de fazer a troca dos pneus, já que há diversas variáveis envolvidas no desgaste desses itens, além da sua posição. Contudo, há duas diretrizes que você pode seguir sempre. Veja abaixo!

    Especificações do manual

    Na compra do caminhão, você deve ter recebido um manual de cuidados e de manutenção, explicando tudo o que tem que ser feito para melhorar sua vida útil. Caso não esteja com você, saiba que é possível encontrá-lo no site da fabricante.

    Regra dos 10 mil km

    Se você não conseguir o manual ou não tiver certeza sobre a hora correta de fazer o rodízio de pneus, pode seguir a famosa regra dos 10 mil km. De modo bastante simples, todas as vezes em que você completa essa distância, é o momento de fazer uma revisão geral no automóvel, o que inclui alinhamento, calibragem, suspensão e, claro, o rodízio.

    Por que fazer o rodízio é importante?

    Fala-se muito sobre essa prática, mas, muitas vezes, não se explica por que ela contribui para a durabilidade dos pneus. Então, vamos explicar a você passando por dois pontos principais.

    Desgaste desigual

    Todo automóvel tem seu peso distribuído de maneira desigual entre seus eixos. Além do desalinhamento comum que acontece enquanto você dirige o caminhão, é sempre grande a diferença de peso entre a área que leva o motor, a caçamba descarregada e a carregada. Além disso, as rodas que são responsáveis pela tração costumam ser mais danificadas de forma natural.

    Assim, cada par de pneus em seu veículo vai se desgastando de modo diferente conforme o eixo onde está, o que leva alguns deles a ficarem fora de uso mais rapidamente. Mesmo que você tenha adquirido o jogo completo de pneus, não fazer o rodízio de pneus quer dizer que você vai precisar comprar uma fração deles no futuro.

    Maior aproveitamento do seu jogo de pneus

    Outro ponto que devemos frisar é que, quando você muda os pneus de lugar, o menos desgastado aguenta mais pressão e o mais desgastado sofre menos danos. Então, isso significa que, se você fizer a troca no momento correto, vai ajudar a nivelar os dois, permitindo que atinjam o limite ao mesmo tempo.

    Sem contar que essa troca aumenta a vida útil daquele par de pneus que já estava fraco, garantindo mais alguns quilômetros antes de ter que comprar um novo jogo. É uma excelente forma de economizar e de evitar problemas no meio de uma viagem. O rodízio de pneus aumenta a durabilidade dos pneus, melhora o desempenho do caminhão e evita acidentes.

    Como fazer o rodízio da forma certa?

    Veja, a seguir, algumas dicas para fazer o rodízio de pneus adequadamente!

    Busque um especialista

    Este é um ponto muito importante e que deve ser considerado: qualquer procedimento mecânico precisa ser feito por um profissional da área. Portanto, se você não é um mecânico, a melhor solução é contratar um bom profissional em vez de arriscar fazer o serviço e ter algum problema mais grave em seu veículo.

    O profissional qualificado vai notar com mais certeza se os pneus do seu caminhão estão em um ponto adequado de desgaste para que sejam trocados de lugar ou ainda se já é o momento de comprar um novo jogo.

    Verifique o balanceamento e a suspensão

    É sempre indicado fazer o rodízio de pneus junto a outros importantes procedimentos de manutenção. Primeiramente, suspensão e desajustes de alinhamento acabam aumentando o desgaste dos pneus, deixando-os mais irregulares. Sem contar que você não pode trocar os pneus de lugar sem, antes, realizar a calibragem.

    Independentemente do caso, o melhor a se fazer é uma verificação rápida no caminhão enquanto o rodízio é feito. Isso vai economizar seu tempo e, claro, pode mostrar problemas que podem ser resolvidos antes de acontecer o pior.

    Troque por pneus do mesmo modelo

    Se chegar o momento de substituir os pneus e somente um par estiver desgastado, é importante lembrar-se de não escolher itens de marca e/ou modelo diferentes dos demais. Saiba que cada tipo de pneu tem suas próprias especificações, que afetam sua estabilidade e a aderência. É um risco desnecessário misturar tudo, ainda mais tendo um conjunto parcialmente gasto. Caso você queira fazer uma troca de marca, adquira um jogo completo e descarte as peças antigas.

    Bom, agora que você já sabe a importância do rodízio de pneus de caminhão e sabe como fazê-lo de forma correta, não o deixe para a última hora. Garanta que seu veículo estará sempre pronto para fazer as viagens com conforto, segurança e estabilidade nas estradas!

    E aí, gostou do texto? Quer continuar aprendendo com os nossos conteúdos? Então, aproveite que está por aqui e assine a nossa newsletter para receber as nossas novidades diretamente na sua caixa de entrada!

    Facebook - Comentários

    Powered by Rock Convert
    Compartilhe