Tipos de pneus agrícolas: conheça e tenha o ideal para suas máquinas

    Facebook - Comentários
    #wpdevar_comment_2 span,#wpdevar_comment_2 iframe{width:100% !important;}

    Compartilhe

    Os veículos agrícolas precisam de pneus especiais, que mudam conforme o tipo de máquina. Um agricultor sabe, por exemplo, que não se deve usar um pneu de implemento para andar fora da estrada. É fundamental saber em quais momentos usar cada pneu.

    Para escolher o mais adequado conforme a aplicação, os fabricantes criaram uma tabela com os códigos de aplicação, que definem a categoria de serviço para a qual o pneu foi desenvolvido. Neste artigo, vamos mostrar os tipos de pneus agrícolas e escolha ideal para seus veículos trabalharem melhor!

    O pneu agrícola diagonal

    Os pneumáticos diagonais são tradicionais e usam estrutura com sobreposição de lonas, o que gera uma aparência diagonal: uma lona passa sobre a outra, resguardada por fibras têxteis. O risco de ocorrer uma elevação da temperatura no interior do pneu é reduzido pelo fato de as lonas não sofrerem fricção entre si. Esse fato, em conjunto com sua rigidez, contribui para sua elevada durabilidade.

    A matéria-prima dos tipos diagonais são, na maioria das vezes, as lonas de nylon, de forma que suas mais destacadas propriedades são o potencial maior de resistência aos impactos, a vida útil muito longa, bem como a alta elasticidade. Outra vantagem é que, com esse tipo de pneu agrícola, a máquina consome menos combustível, e o motorista consegue ter uma direção mais estável e aderente.

    O pneu agrícola radial

    Nesse tipo de pneu, as lonas presentes na carcaça se mostram organizadas de talão a talão, acompanhando o sentido do raio da circunferência. O pneu agrícola radial tem cinta que deixa a área de rodagem mais rija, de modo a oferecer maior estabilidade às barras quando fazem contato com o terreno.

    Os pneumáticos radiais apresentam um costado de maior flexibilidade em comparação com os tipos diagonais, os quais, combinados com as cintas enrijecedoras, promovem um melhor desempenho de tração e aumentam a eficiência. Geralmente, os pneus radiais são constituídos com lonas de poliéster, elas oferecem menos resistência aos impactos quando se compara o radial ao diagonal, esse é confeccionado a partir do nylon.

    Uma boa vantagem do pneu radial é sua alta estabilidade dimensional, o que impede que a carcaça sofra deformações permanentes ou sérias. Os tipos de pneus agrícolas diagonal e radial oferecem a vantagem de que a temperatura na parte interna não aumenta, já que as lonas não se friccionam.

    A durabilidade assim é mais garantida, isso contribui para uma maior economia a longo prazo, inclusive com um volume menor de combustível consumido. O motorista também goza de uma estabilidade maior e de melhor aderência na direção.

    O pneu agrícola de elevada flutuação

    O pneu agrícola de alta flutuação tem como característica principal a boa tração no contato com solos de porosidade e permeabilidade reduzidas (ou seja, terrenos que exibem compactação). Vale observar que a compactação do solo diminui o rendimento da massa do solo, o que pode afetar de forma prejudicial o desenvolvimento de raízes com boa saúde, gerando grandes perdas para o produtor rural.

    Os pneumáticos para alta flutuação precisam apresentar um índice alto de cargas em boa velocidade, rumores mais baixos de pneu e uma compactação baixa do solo. A banda de rodagem desses pneus deve eliminar a terra acumulada nos sulcos durante as operações nos solos de agricultura, assegurando maior tratividade.

    O pneu agrícola de implemento

    O tipo de implemento destaca-se entre os pneus agrícolas, porque se adapta a todo modelo de rebocador de implemento, como vagões, enfardadeiras, semeadores e tratores para plantação. Os pneus para implemento precisam de bandas de rodagem formadas de raias ao comprido (longitudinais), de modo a resistir suavemente ao rolamento. Exibe ótima flotação e uma área de contato mais abrangente, garantindo mais segurança e melhores rendimentos para o produtor.

    Outros tipos de pneus agrícolas

    Além dos quatro tipos de pneus agrícolas citados, existem outros que podemos mencionar aqui. É o caso dos produtos que seguem abaixo.

    O pneu florestal

    Como o nome diz, o pneu florestal é destinado a tratores florestais, mas também pode ser usado em intervenções agrícolas mais extremadas. A matéria-prima desse tipo de pneu é a borracha que resiste a cortes, fendas no terreno e objetos sobre o solo. Sua tecnologia permite um elevado desempenho e muita durabilidade.

    O setor florestal revelou um incremento notável nas últimas décadas, como forma de combater os efeitos desastrosos do desmatamento. Não se aconselha utilizar pneus florestais sobre o asfalto.

    O pneu fora da estrada (OTR)

    Os pneus fora de estrada, também chamados de pneus OTR, são indicados para abrir trilhas e estão prontos para superar os difíceis obstáculos resultantes da erosão, inclinações muito íngremes, diferentes subidas e descidas. Exibe características bem-definidas, evidentes na largura, na altura, no tipo e na profundidade da banda de rodagem, além da boa performance em campo (flutuação, tração, resistência, estabilidade, dirigibilidade).

    São muito resistentes a perfurações e têm elevada durabilidade, controle em diversas condições climáticas, melhor performance na direção e boas condições de frenagem. Pelo fato de se manter em contato com a lama de forma direta e constante, recomenda-se a utilização de sulcos mais fundos.

    Dessa maneira, será mais fácil retirar a lama dos pneus em seu trajeto. E essa medida contribui para prolongar a durabilidade do produto. Caso a lama não seja removida, isso pode prejudicar a tração. Também é sugerido usar pneus altos e mais estreitos para terrenos em que as chances de atolamento são maiores.

    O pneu industrial

    Finalmente, neste texto sobre os tipos de pneus agrícolas, vamos encerrar falando sobre o pneu industrial. Ele é destinado a empilhadeiras, carrinhos industriais, equipamentos portuários e outros veículos. Pode servir para diferentes funções, pois dispõe de ótimo desempenho e alta estabilidade direcional e pode ser aplicado em ciclos curtos e nos mais extensos de serviço.

    No que se refere à calibragem, deve-se conhecer qual a pressão ideal para cada pneu industrial. Podem haver diferenças no valor da pressão já que alguns pneus, por exemplo, atuam em terrenos inclinados ou em atividades nas quais boa parte do trajeto se efetua sem carga. Em qualquer tipo de pneu, o ideal é fazer a calibragem enquanto estão frios.

    Usar corretamente os diferentes tipos de pneus agrícolas tanto otimiza o desempenho das máquinas, favorecendo a produtividade, quanto garante mais segurança para os operadores e até para terceiros que possam estar no local, evitando acidentes.

    Está precisando de pneus de boa qualidade para suas máquinas agrícolas? Quer conhecer uma loja confiável que oferece excelentes produtos? Entre em contato com a gente. Teremos o maior prazer em lhe atender e tirar todas as suas dúvidas!

    Facebook - Comentários

    Compartilhe